Idolatria

21 de abril de 2009

Vocabulário
Idolatria. sm. Culto prestado a ídolos. (Ferreira, Aurélio Buarque de Holanda, Miniaurélio Século XXI, 2000, Ed. Nova Fronteira).

Ídolo. sm. 1.Estátua ou simples objeto cultuado como deus ou deusa. 2.Objeto em que se julga habitar um espírito, e por isso venerado. 3.Pessoa a quem se tributa respeito ou afeto excessivos.(Ferreira, Aurélio Buarque de Holanda, Miniaurélio Século XXI, 2000, Ed. Nova Fronteira)

Bíblia Sagrada
Os dez mandamentos
“Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima, nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas de baixo da terra.”
“Não te encurvarás a elas, nem as servirás: porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais, nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.”
“E faço misericórdia em milhares aos que me amam e guardam os meus mandamentos.”
(Ex. 20:4-6)

Primeira Epístola de São Paulo aos Coríntios
“Assim que, quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só.” (I Co. 8-4)
“Pelo que, se o manjar escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize.” (I Co. 8-13)

Alcorão Sagrado
“E quando viu despontar o sol, exclamou: Eis aqui meu Senhor! Este é maior! Porém, quando este se pôs, disse: Ó povo meu, não faço parte da vossa idolatria!” (Surata 6.78)

“Porém, se Deus quisesse, nunca se teriam dado á idolatria. Não te designamos (ó Mohammad) como seu defensor, nem como seu guardião.” (Surata 6.107).

“Porventura, enviamos-lhes alguma autoridade, que justifique a sua idolatria?” (Surata 30.35)

“Ó filho meu, não atribuas parceiros a Deus, porque a idolatria é grave iniqüidade.” (Surata 31.13)

“E permanecei tranqüilas em vossos lares, e não façais exibições, como as da época da idolatria; observai a oração, pagai o zakat , obedecei a Deus e ao seu Mensageiro, porque Deus só deseja afastar de vós a abominação, ó membros da Casa, bem como purificar-vos integralmente.” (Surata 33.33)

“São blasfemos aqueles que dizem: Deus é o Messias, filho de Maria, ainda quando o mesmo Messias disse: Ó israelitas, adorai a Deus, Que é meu Senhor e vosso. A quem atribuir parceiros a Deus, ser-lhe-á vedada a entrada no Paraíso e sua morada será o fogo infernal! Os iníquos jamais terão socorredores. São blasfemos aqueles que dizem: Deus é um da Trindade!, portanto não existe divindade alguma além do Deus Único. Se não desistirem de tudo quanto afirmam, um doloroso castigo açoitará os incrédulos entre eles.” (Surata 5.72-73).

“Mas quanto os meses sagrados houverem transcorrido, matai os idólatras, onde quer que os acheis; capturai-os, acossai-os e espreitai-os; porém, caso se arrependam, observem a oração e paguem o zakat, abri-lhes o caminho. Sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo”. “(Surata 9.5)

É claro pra mim que a idolatria, no sentido estrito da palavra, é errada. A diferença está no entendimento do que é idolatria e do que são apenas imagens.
Nos dez mandamentos há a proibição da confecção de imagens, mas a crença absoluta em tudo que está escrito na bíblia é outro assunto.
A questão é que não vejo os católicos, lá em seus primórdios, como idólatras, se depois houve a corrupção da igreja e algumas pessoas hoje veneram outros que não Deus, elas que prestem contas a Ele depois. Mas a idéia primordial ( e me corrijam se eu estiver errada) é o uso dos santos como intermediários na relação com Deus.
Eu, pessoalmente, em meus anos de protestantismo, fixei a idéia de que não são necessários intermediários na sua relação com Deus.
Mas não vejo nada de errado na visão (visão e não adoração), dos santos como exemplos de vida a serem seguidos, eles/elas foram, em sua maioria, pessoas com vidas que são testemunhos de fé e abnegação.
E se para fazer com que as pessoas sejam melhores, elas revisitam a imagem dessas pessoas para lembrar de seus exemplos, não vejo mal algum. Ao contrário.

Eu mesma, não acredito em qualquer poder sobrenatural de imagens ou santos, mas tenho uma imagem de Nossa Senhora da Conceição e uma imagem de Santo Antônio, herdados de minha avó materna, que mantenho em meu quarto tanto pelo valor emocional, quanto pelo exemplo das pessoas que foram. Mas não presto qualquer tipo de adoração ou veneração às imagens ou a eles.

Terei de prestar contas por isso? Talvez. Mas não me preocupo porque é minha consciência que me rege e Deus sabe que meu amor e minha adoração se dirigem unicamente a ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s